teste

Projeto Vencedor do Concurso Internacional Educarede - 2007

Uso da Internet - Ensino Fundamental 2

8 de mai de 2006

Fifa não vai punir países por causa de torcedores racistas

Para o presidente da entidade, Joseph Blatter, as punições só devem ser colocadas em prática se o ato racista partir de um membro de alguma seleção.

O suíço Joseph Blatter espera acabar com o racismo na Copa

ZURIQUE, Suíça - O presidente da Fifa, o suíço Joseph Blatter, revelou nesta terça-feira que as seleções cujos torcedores cometam atos racistas na Copa não devem perder pontos, já que seria muito difícil identificar o autor. "Na Copa do Mundo a presença de torcedores é muito grande e não se pode ter controle de onde estarão localizados todos eles. Por isso, é muito difícil saber se o autor está sentado ali com más intenções", explicou Blatter.
Já os atos racistas feitos por jogadores, treinadores ou membros das comissões técnicas serão duramente punidos pela Fifa, que pode chegar a excluir a seleção da competição.
"Tentaremos conscientizar a todos para não cometerem essas coisas. É tudo o que podemos fazer no momento", falou Blatter, que pretende que os jogadores carreguem faixas condenando o racismo ao subirem no campo. Já para a fase quarta-de-final da Copa, os capitães das seleções devem ler mensagens aos torcedores sobre o assunto.
A Copa do Mundo começa no próximo dia 9 de junho, com o jogo entre Alemanha e Costa Rica.

Fonte:http://www.estadao.com.br

7 comentários:

Christiano Cruz disse...

Olá Gládis,

muito interessante este projeto. Bem elaborado tanto na parte educacional quanto na parte visual da página. Vou indicá-lo também em meu blog, juntamente ao Oficina de Educação.

Parabéns !

Christiano

victor/cataguases/MG disse...

Eu achei muito interessante, porque fala sobre muitas coisas legais.

Marco e Felipe Hocsman disse...

Joseph Blatter está correndo quando diz que punir uma seleção da copa por atos racistas da torcida é errado, pois não há como um país impeça que alguém faça algo de errado. A punição à jogadores da copa já é correta, pois muitos jogadores são ídolos de milhares de pessoas e possivelmente eles estariam passando um mal exemplo a todos, aumentando ainda mais o racismo no mundo.
A campanha que o presidente da fifa está organizando é muito boa, porém creio que não irá acabar com o racismo.

Marco e Felipe Hocsman - 2º B / Colégio Bom Conselho disse...

Joseph Blatter está correto quando diz que punir uma seleção da copa por atos racistas da torcida é errado, pois não há como um país impeça que alguém faça algo de errado. A punição à jogadores da copa já é correta, pois muitos jogadores são ídolos de milhares de pessoas e possivelmente eles estariam passando um mal exemplo a todos, aumentando ainda mais o racismo no mundo.
A campanha que o presidente da fifa está organizando é muito boa, porém creio que não irá acabar com o racismo.

kátia disse...

Qualquer tipo de manifestação com negativas intenções deve ser analisada. Tanto fora, que seria a torçida, como dentro do campo, que representa o time e a equipe técnica devem ser punidas. Mesmo nao sendo muito provável conseguir encontrar os culpados fora do campo, a forma de organização e de policiamento deve se mostrar competente de forma que os torçedores nao façam certas "barbáries" ao longo da copa.

Carina/2b disse...

Não se pode confundir má conduta do torcedor com má conduta do país. Se um torcedor resolver se portar mal e o país for punido, isso não será punição para torcedor nenhum. Realmente não funcionariam essas punições aos torcedores. Se jogadores tiverem atos racistas estes sim devem sofrer algum tipo de punição pois dentro de campo o respeito deve prevalecer e sendo punidos seria um grande exemplo fora do campo.

Anônimo disse...

O senhor Blater devia acabar com a carreira desse jogadores que cometem atos racistas e não tirar o time da competição, quanto aos torcedores proiba o time de levar torcedores que cometam atos racistas , joga de portões fechados . CAIC Prof. Mariano Costa
Amadeu 6ªD
JLLE SC