teste

Projeto Vencedor do Concurso Internacional Educarede - 2007

Uso da Internet - Ensino Fundamental 2

3 de ago de 2006

Posted by Picasa
O que pensam os alunos da 7ªB da E. M. Independência de Pelotas, RS, sobre Gravidez e e Sexualidade na Adolescência.

Profª M. de Lourdes Ribeiro e Profª Flávia
imagem em:http://www.unimeds.com.br


Riscos da gravidez na adolescência


Tudo começa com um simples namoro. O casal dizia se amar. Começaram a ter relações sexuais sem métodos anticoncepcionais. Ela engravida, ele pula fora dizendo que o filho não é seu.
A família da menina não aceita e pede para que saia de casa. Agora sem onde morar e com um filho que já vai nascer para criar. Essa é uma das coisas que mais acontece com os jovens que engravidam. As que não abordam muitas vezes lutam para sustentar o filho, mas muitas vezes largam o filho na rua. Fora os riscos que acontecem ao longo da gravidez, doenças sexualmente transmissíveis como AIDS e outras.Muitos jovens são ajudados pela família, mas outras não têm a mesma sorte, por isso devemos nos prevenir.

Yasmim Frecou Lopes


As consequências da gravidez indesejada


Na gravidez é bom ter muito cuidado para não perder o filho. Exemplo: não bater de frente com a barriga em alguma porta. Nós, homens, devemos nos prevenir para não causar a gravidez. Muitas vezes, nos cuidamos, mas não conseguimos evitar a gravidez. Aí acontece o pior, o pai da criança diz que o filho não é dele. Tudo que plantamos, colhemos. Isto é só um exemplo. Se o pai da criança não assumir pode ser colocado na justiça. O que nós devemos ter mais cuidado são com as doenças que podem ser transmitidas do homem para mulher ou da mulher para o homem durante o sexo. Os adolescentes devem ser mais cuidadosos durante o sexo, pois se derem à vida a uma criança, o filho pode ser prematuro ou deficiente. Durante os 9 meses a mãe não pode fumar e nem comer coisas não indicadas pelo médico.

Dionevã M. Krolow

Os jovens e a gravidez

Eu gostaria de saber o que passa na cabeça das pessoas, principalmente na cabeça dos rapazes de não colocarem a camisinha na hora de transar. Bom, eu acho que todo homem tem medo de ser pai ou pior pegar um HIV, doenças que são mortais. Todos os homens deveriam ser obrigados a ter pelo menos uma camisinha na carteira. Mas a culpa não é só dos homens, é também das mulheres. Já pensou ser pai aos 14 anos?


Diogo Cardoso


Minha amiga grávida


Eu tenho uma amiga que engravidou com 16 anos. Ela passou por uma situação crítica na sua vida. Mas o pai do bebê apoiou a namorada nas boas e nas más situações. Sabia o erro que tinha cometido junto com o namorado. Os meses foram passando e chegou o dia do bebê nascer. Eles já tinham escolhido o nome, nos exames comprovaram que era menina. Ela foi para sala de parto e o pai ficou esperando no corredor do hospital. O parto foi de cesárea, porque ela não tinha dilatação. O bebê nasceu em perfeitas condições. Ela parou de estudar por um tempo, achou que pararia para sempre, mas com o tempo voltou. O marido começou a trabalhar e os avós ajudaram a cuidar do bebê.


Alexandre B.Gonçalves

8 comentários:

Anônimo disse...

Fantástico!!!
Gládis, o seu trabalho vai muito além de ensinar a língua portuguesa...vc está de parabéns!!!
Temos que formar cidadãos, e essa é a grande missão dos professores!!!
Sou sua fã!! (quando crescer quero ser assim como vc!!)

Beijocas

Kelen

Anônimo disse...

Fantástico!!!
Gládis, o seu trabalho vai muito além de informatizar a ...vc está de parabéns!!!
Temos que formar cidadãos, e essa é a grande missão dos professores!!! adoro vcs valeu um bjao mariza e gladis

Anônimo disse...

As adolescentes estão engravidando cada vez mais cedo e muitas são abandonadas pelo namorado e não tem condições de criar seus filhos.
A vida dessas adolescentes não será mais a mesma, terão que ter responsabilidade e ser mãe mais cedo.
E hoje nas escolas, os educadores estão orientando aos adolescentes a prevenirem-se contra a gravidez precoce.

Alunas:Evelyn Thais e Simone Vieira
Série 8
cidade:Joinville
Estado:Santa Catarina
Escola:CAIC PROFESSOR MARIANO COSTA.

Anônimo disse...

Eu gostei muito do texto porque diz a realidade de hoje em dia.
aluno:Guilherme P.
Escola: CAIC Mariano Costa
Joinville-SC

Anônimo disse...

O problema da gravidez na adolecencia é problemão

Anônimo disse...

Alunos: Eduardo Bitencourt Batista nº12
Carlos Eduardo Pereira nº06.
Série: 6ºC.
Escola Municipal Profª Anna Maria Harger.

Comentário

Achamos que este assunto do blog é muito interessante para nossa idade, pois podemos ver como está nossa realidade hoje em dia.
Vimos que há meninas que brincam com bonecas, engravidando aos 14 anos, mas por que engravidam?
Porque não conhecem os recursos que estão a disposição em todo e qualquer posto de saúde.
As meninas estão amadurecendo muito cedo, e isso estraga muito a adolescência delas, enquanto poderiam estar em projetos culturais ou estudando, estão amamentando seus filhos.
Sendo assim vamos procurar nos informar, antes de ter qualquer relação sexual.

Anônimo disse...

Escola Municipal Professora Anna Maria Harger.
Professora: Mariza
Alunas: Náthaly Beatriz Reis nº30
Paula Fernanda de Almeida Pires nº31
Série: 6ª “C”

Comentário

Nós achamos o assunto desse blog muito interessante, pois hoje em dia apesar dos recursos para a gravidez na adolescência serem evitadas, ainda as adolescentes engravidam.
Parabenisamos a profª Mariza por nos conscientizar sobre o assunto “gravidez na adolescência”.
Achamos que o corpo que Deus deu a essas meninas,não deveriam ser “oferecidos” para homens sem compromisso para assumir o filho.

Anônimo disse...

Escola Municipal Avelino Marcante
alunas:Bianca Schneider
Dieyse A.de Liz

Opinião sobre a gravidez na
adolescência

Na nossa opinão a gravidez na adolescência é uma responsabilidade a mais que o adolescente tem que ter, para isso ele deveria ter uma maturidade, para assumir essa responsabilidade.
Muitos deles não têm coragem de dizer não, para o parceiro (a), ou de usar algum preservativo. Ex: As meninas têm vergonha de se comunicar com os meninos na hora da relação. Já os meninos têm medo de dizer não,pois acham que as meninas vão pensar que eles não são homens o suficiente.
Depois que as meninas engravidam pensam em abortar, ou assumem a criança, algumas sem o apoio do pai e de seus pais.
Muitas vezes, quando as meninas assumem o filho, sua vida muda completamente de rumo, elas dedicam todo o tempo a criança. Não freqüentam mais as festas,param de estudar, não saem com seus amigos ...
Depois necessitam de um emprego para sustentar a família que formaram.